domingo, 12 de janeiro de 2014

Vem com Tudo, 2014!!

Toc-toc, tem alguém aí?
Gente, não abandonei o Blog não, viu? Esse período de recesso foi estratégico. Eu precisava de uns dias longe, sem pensar em escrever posts.

Mas agora, volto com tudo. Assim começamos o ano de 2014, com tudo!

Bem, primeiramente, vamos à uma rápida atualização sobre o que fizemos no fim do ano passado e que eu acabei não comentando.

Alice passou por uma avaliação com uma pediatra geneticista. Na primeira consulta, nos assustamos um pouco, pois as primeiras suspeitas da médica, era de que realmente tínhamos deixado passar alguma coisa, e existia uma desconfiança de que Alice tivesse alguma síndrome. Relatamos todo o histórico de exames que fizemos nesse primeiro ano, deixamos todos os resultados com ela para que pudesse avaliar com calma e estudar sobre o que ela suspeitava. Teríamos retorno em alguns dias.

Chegado o dia de conversarmos novamente, boas notícias! As primeiras suspeitas não se confirmaram, as características da Alice não se encaixam em nenhuma patologia específica. Na verdade, a médica disse que o que dificulta o diagnóstico dela é justamente o fato da Alice não ter muitos problemas e complicações. De concreto, temos apenas a microcefalia, o atraso no desenvolvimento (que ela disse ser discreto), as alterações na tomografia e ressonância da cabeça (que apresentaram mínima dilatação dos ventrículos laterais e quantidade de líquor maior do que deveria) e uma alteração grande de amônia no sangue. Se não fossem essas alterações na tomografia, ressonância, e a amônia, não haveria mais investigação, pois a microcefalia, quando isolada e sem exames alterados, não altera em nada o desenvolvimento, e tudo seguiria normal.
Sendo assim vamos repetir alguns exames ao longo desse ano, pra ver se houve alterações, se está igual, melhor ou pior. Também faremos novos exames genéticos, ainda na busca por alguma alteração que aponte para alguma patologia. Acreditamos que no decorrer desse ano poderemos chegar a um diagnóstico final.

Bom, mas as boas notícias são que a Alice tem evoluindo devagarinho. Ela já está se sentando sozinha, engatinhando, fica em pé apoiada em móveis, (lembram que há um tempo eu escrevi que ela estava treinando para fazer tudo isso?) começou a querer se soltar e ficar em pé sozinha, mas não tem equilíbrio nenhum e claro, acaba caindo.

Ainda temos um longo caminho pela frente, temos muitos obstáculos a serem superados. Mas ao invés de ficar nos preocupando com tudo o que ela ainda não faz (e já deveria estar fazendo), a gente se diverte comemorando o que ela já fez. O que ela conseguiu até aqui pra nós já tem muito valor. E ela nos mostra a dia a dia que está se superando, no tempo dela.

Esse ano ela voltará pra creche. Faz parte da nossa programação entre terapias e estímulos para ajudar no desenvolvimento dela. Eu também voltarei a trabalhar, comecei o ano super bem e já estou empregada. Me dediquei um ano inteiro a Alice, mas também preciso retomar as minhas atividades, minha rotina, pois a evolução dela também depende dessa autonomia que ela precisa conquistar. E eu, claro, tenho que romper de vez esse cordão umbilical, pois ainda tenho muito trabalho pela frente e nossos sonhos dependem também dessa nova fase.

2014 será um ano de muitos desafios para nossa família, não somente em relação a Alice, mas também na nossa vida como casal, além dos nossos objetivos individuais, para nosso crescimento como um todo. Estamos muito positivos e confiantes, teremos algumas mudanças pela frente, e dia após dia estaremos lutando pelos nossos sonhos.

Por isso 2014, vem com tudo! Vem que estamos cheios de energia pra te viver da melhor forma que pudermos!!! Vem pois você será um dos nossos melhores anos, se Deus quiser!

E esse é o nosso desejo para todos vocês que nos acompanham: Que 2014 seja o melhor ano da sua vida!